25 de abril de 2018

Rivalidade feminina

  Desde muito cedo a rivalidade feminina é incentivada, aprendemos que devemos ser sempre as mais belas e atrativas e que todas as atenções devem se voltar a nós. Juntamente da insegurança e baixa autoestima, isso faz com que odiemos internamente e até externamente mulheres que se pareçam mais interessantes que nós, as tornando nossas rivais e passando a competir com as mesmas.

Rivalidade feminina: Um problema que precisamos resolver.

  Não podemos dizer que as coisas não melhoraram de uns tempos para cá, a competição feminina diminuiu significativamente, porém isso não quer dizer que ela não exista, e é muito triste que invés das mulheres se unirem em causas de benefício próprio percam seu tempo com competições bobas.
  Eu, por exemplo, sou capaz de relatar algumas das vezes em que de certa forma competi com outras mulheres. Principalmente na escola isso era muito comum, alguma menina ia com uma roupa da moda e chamava a atenção, eu logo adaptava as minhas roupas para no dia seguinte chamar tanto a atenção quanto ela, e eu fazia isso sem nem perceber, ou quando alguma menina ficava com o menino ao qual era afim, eu já começava a pensar que artimanhas poderia usar para chamar a atenção do menino e “roubar” ele dela.

Competição feminina

  Hoje em dia já não tenho esse pensamento, mas facilmente, em uma breve busca pelo meu feed de notícias do facebook , sou capaz de encontrar diversas mulheres falando coisas do tipo “Fala de mim mas pelo meu cabelo não é duro” ou “Fala de mim mas não arruma a cara nem com cirurgia”, frases assim, que além de salientarem a rivalidade, denigrem a imagem de outras pessoas, infelizmente são muito comuns em diversas redes sociais como Facebook, Instagram e etc.

Competição feminina

  Essas disputas estão enraizadas no nosso ser e é uma desconstrução permanente se desfazer delas. O importante para essa desconstrução acontecer é entender que a beleza ou inteligência de outra mulher não diminui a nossa, que podemos sim ser belas, inteligentes e interessantes ao mesmo tempo em que outras mulheres podem ser também.
  O segredo para o fim desse competição é o amor próprio e a sororidade, primeiramente amor próprio para sermos auto suficientes, para entendermos que nós mesmas somos maravilhosas e interessantes, independentemente de outras mulheres serem também. A sororidade é importante pois prega a união entre as mulheres, desmitificando a ideia de que somos rivais por natureza, não somos rivais, somos amigas, somos irmãs, e podemos sim evoluir a esse ponto, unidas somos bem mais fortes do que envolvidas em competições bobas, todas somos maravilhosas do jeito que somos, e o dia que entendermos isso ganharemos mais tempo fazendo amizades com mulheres maravilhosas invés de disputar atenções com elas.

Competição feminina


Esse foi o post de hoje gente, sei que estava sumida e peço desculpas, pretendo postar regularmente a partir de agora. Peço que comentem aqui embaixo o que acharam do post, dicas, sugestões e etc, é sempre bom saber o que vocês estão achando, se puderem me seguir no blog e nas redes sociais para não perder nenhuma atualização também ficaria muito grata, é isso, até a próxima!



14 comentários:

  1. Amei seu post real! Sim, que acabe essa rivalidade entre mulheres plantada desde a nascença e aprenda-se a lutar pela causa feminista todas juntas e unidas. ��

    ResponderExcluir
  2. Oi, Gabi! Você falando aí da época de escola e e eu me lembrando da minha. Eu não tinha ideia do que era der feminista, mas nunca fui competitiva com mulheres, sempre era com os guris. Hahahahaha isso pelo fato de não poder jogar bola, ou qualquer "coisa de menino". Então eu competia no que era boa.

    Infelizmente vemos disso, e sempre aprendi que devemos competir com as meninas. Tanto é que a maioria das pessoas não podem ver uma mulher coisa roupa feia que já vai logo falando. Graças a Deus que disso eu nunca sofri.

    Parabéns pelo texto, mana.
    www.johanymedeirosutopia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. É verdade, infelizmente ainda vemos muito esse tipo de rivalidade feminina por aí. Acho que as pessoas perdem tempo com pensamentos muito pequenos, existem tantas coisas mais importantes para ocupar a mente...Torço pra chegar logo o dia em que as mulheres sejam mais unidas.

    ResponderExcluir
  4. Olá, boa tarde!!
    Onde curto 10000000000 vezes?? Parabéns pelo post, maravilhoso.
    É pura verdade, mas é difícil fazer com que as mulheres percebam isso, é uma competição ridícula. Deveríamos ser mais amigas, mas sinceramente, eu sempre tive "amigas" invejosas que até imitavam o meu modo de me vestir. Eu acho que isso nunca vai mudar! Infelizmente!!

    ResponderExcluir
  5. Que acabe toda essa rivalidade, amei muito o post! Eu vejo vários mesmo do tipo mulheres rivais! Isso é muito ruim!

    ResponderExcluir
  6. Gabiii! Segundo texto, segundo lacre. Nossa, você tocou num ponto incrível. Acho impressionante como desde a escola somos fadadas a nos envolver numa espécie de competição "besta". Acredito que vamos nos desconstruindo. Deixei de competir pelo popularidade, para competir pela posição de melhor aluna. Deixei de competir pelo garota, para criar uma amizade. Sabe o que me veio na cabeça durante a leitura? Aquele trecho do texto da Chimamanda que a Beyonce usa em Flawless. Acho que ela pontua tudo isso do seu texto! Parabéns. Beijos

    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Antes de conhecer o feminismo e aprender sobre rivalidade feminina eu achava muito engraçado chamar a "inimiga" de recalcada e etc... Mas hoje vejo que isso é completamente desnecessário e precisamos nos unir!

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?

    Que post ESSENCIAL. Você conseguiu tocar todas as feridas e de forma básica mostrar como existe essa rivalidade feminina e como ela só acaba fazendo mal para todos que passam por ela. Confesso que já participei dessas "rivalidades" e olhar este capítulo da minha vida, me envergonha. Realmente vejo essa rivalidade nas redes sociais e fora delas, principalmente no quesito "homens". Precisamos de mulheres mais empoderadas e é bom ver que elas já estão aparecendo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Diva, tudo bem?

    Você simplesmente arrasou no post, parabéns. É uma iniciativa linda,as pessoas devem parar de se rivalizar, devem gerar mais tolerância e amor.

    ResponderExcluir
  10. Adorei o post, acho muito triste essa coisa da rivalidade feminina, ainda mais hoje em dia que se tem falado muito sobre empoderamento feminino. Enfim, gostei bastante parece que temos pensamentos parecidos.
    Beijos!
    http://bel-somostaojovens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Gabi!!
    Que poste mais incrível. Infelizmente existe e todas nós já passamos por uma situação dessas. Hoje em dia, eu tenho mais consciência disso e tento não participar dessas competições.
    Parabéns por escrever sobre isso e nos fazer debater o assunto.
    Bjs
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi Gabi, tudo bom? Que posteriormente incrível, gostei. Você arrasou no texto, sim, concordo plenamente tudo com o que escreveu. Acho muito triste essa coisa da rivalidade entre as mulheres, tem que acabar isso, menos tolerâncias e mais respeito.

    https://holanda-physicaleducation.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá querida Gabriela!
    Gostei do teu cantinho~seguindo aqui!
    Amei teu post, muito bem escrito, só li verdades!
    Precisamos mesmo ter mais respeito e amor uma com as outras!
    Essa postagem ficou muito top, você arrasou, meus parabéns!

    xoxo, Pam!

    https://palomari.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Essas competições só fazem as mulheres acharem que são rivais né, deve ser difícil deixa esse pensamento para trás, esse tipo de post, é mto necessário para as pessoas abrirem a mente e refletirem sobre.

    ResponderExcluir