30 de abril de 2018

Relacionamentos tóxicos

  Relacionamentos tóxicos não são necessariamente amorosos, você pode ter relacionamentos tóxicos com amigos, familiares e até em seu local de trabalho. É muito difícil perceber quando estamos sendo intoxicados por alguém e quando percebemos o estado de negação é geralmente enorme, o que dificulta ainda mais a saída desse relacionamento destrutivo.

Relacionamentos tóxicos e o apego emocional.

  Eu acredito que o grande problema dos relacionamentos tóxicos, por experiência própria, seja o apego emocional aquela pessoa. Você esta tão acostumada com aquela situação que não consegue enxergar o quanto te faz mal, e quando enxerga, o apego, o amor que você sente, não te deixa partir, te faz criar desculpas para aquelas atitudes, te impedindo de seguir em frente e te fazendo ficar cada vez pior.
  Um relacionamento tóxico é quando tudo o que a outra pessoa faz é te criticar, te insultar e te diminuir, é um relacionamento que, não importa o quanto você se esforce, você sempre se sente menor que o outro. Esse tipo de relacionamento geralmente se mostra maravilhoso no inicio, tudo está em perfeito estado de sintonia, quando de repente tudo começa a desmoronar, tudo é culpa sua, você tem que concertar as coisas, é assim que você se sente.


  Mas deixa eu te contar uma coisa, a culpa não é sua, você não tem controle sobre isso, relacionamentos tóxicos te consomem, vão te engolindo com o passar do tempo sem você perceber, quando enxerga, você já deixou de ser quem era a muito tempo. Você não teria como ser melhor do que já foi, pessoas tóxicas não estão interessadas em te fazer bem ou te entender, elas querem ter domínio sobre você e sua vida, reger seus passos e atitudes e te criticar a cada instante para que você se sinta sempre inferior, e ela superior.
  A parte mais difícil de tudo isso é enxergar que você está sendo intoxicado e sair disso, como falei acima, é muito difícil você sair de um relacionamento assim, o apego emocional é enorme e você não consegue se enxergar sem aquela pessoa na sua vida, você se torna, de certa forma, dependente dela, e isso é real, porque ela fez você ter essa dependência, é tudo parte do relacionamento destrutivo ao qual você estava metido. O importante nesse período é se cercar de pessoas que se importam com você e estão dispostas a te ajudar, você provavelmente vai entrar em estado de negação e é muito importante saber ouvir quem está tentando te ajudar a sair disso.


  O que você precisa saber também é que nenhuma dor é eterna, e por mais que sejam profundas as cicatrizes que esse tipo de relacionamento deixa você sempre fica bem. Nem todas as pessoas do mundo são ruins e ao longo de sua vida você conhecerá muita gente disposta a te fazer muito feliz, sem mentiras nem dor dessa vez, apenas bons sentimentos.
  Esse foi o post de hoje gente, estou tentando postar com mais frequência aqui no blog e prometo não abandonar mais vocês!!! É isso, até a próxima, não deixem de comentar aqui embaixo o que acharam e compartilhar esse post com alguém que esteja precisando receber essa mensagem, beijos <3 

Um comentário:

  1. Oi Gabi! Eu já tive um relacionamento tóxico. Só que o meu era no âmbito de amizade. Nossa, a pessoa me deixava mega mal. Eu só estava "suficientemente boa" pra ela, quando fazia o que ela queria. Se discordasse, ouvia um monte. Ela debochava de mim e uma outra amiga porque não tínhamos beijado, menstruado etc etc. Acho que só depois que nos afastamos, por outros motivos, que fui capaz de perceber a péssima influência que ela fazia sobre mim e minha auto estima. Hoje quando vejo pessoas passando por relacionamentos assim, fico torcendo para que sejam capazes de superar e faço o possível para ajudar.
    Ótimo post. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir