18 de janeiro de 2018

Porque escolhi fazer jornalismo?

  Olá gente, tudo bem? Hoje resolvi falar um pouco sobre a escolha da minha profissão. Essa é sempre uma escolha muito difícil e comigo não foi diferente, independente das maiores certezas que temos quanto a nossa decisão sempre há dúvidas e incertezas que nos circundam, então, em meio a tantas opções de carreira a seguir, porque escolhi fazer jornalismo?
  Bom, eu não sei em qual ponto da minha vida decidi que queria ser jornalista, porém sei que antes da minha decisão, tive várias opções incertas, quando criança queria ser professora, conforme fui crescendo, psicóloga, nutricionista, enfim...Foram várias as ideias que surgiram, todas apenas ideias passageiras e que fui deixando de lado com o passar do tempo. O curioso referente a escolha da minha profissão foi que a primeira ideia não foi minha e sim de algum conhecido ao qual não me recordo quem é que comentou "porque não faz jornalismo? É tão falante e gosta tanto de escrever", foi a partir daí que a ideia começou a florescer e conforme eu ia pesquisando sobre a profissão fui me apaixonando cada vez mais, parecia finalmente que eu tinha me encontrado.


Porque escolhi fazer jornalismo?

  Mas como todo adolescente cheio de dúvidas eu fui pedir a opinião de pessoas próximas e algumas, para não dizer a maioria, me disseram para desencanar, que jornalismo não dava dinheiro, que era mais fácil fazer outra faculdade que tinha mais área de procura e etc, eu fiquei frustrada por um momento com todas essas ideias porém estava certa do que queria fazer, jamais deixei que os comentários das pessoas influenciassem na minha decisão, prefiro não ter um custo de vida tão alto e ser feliz no que faço do que fazer algo que não curto e ser infeliz pelo resto da vida.
  Escolhi jornalismo porque é a área que mais tem a ver com quem eu sou, com meus ideais e com o meu jeito, posso tanto ser redatora como repórter e entre tantas outras coisas, posso juntar minha paixão pela escrita e meu jeito falante em um só meio, tem tanto a ver comigo que as vezes me pego viajando e pensando como existe uma profissão tão maravilhosa, me perco olhando os programas de TV e lendo as colunas na internet e pensando quando será a minha vez de fazer aquilo, quando poderei finalmente exercer a profissão que amo.


Porque escolhi fazer jornalismo?

  Infelizmente ainda não tive a oportunidade de começar a cursar jornalismo, porém, fiz uma cadeira em uma faculdade particular, e essa experiência só serviu para me fazer ter ainda mais certeza de que é isso, é jornalista mesmo que quero ser, e é tão boa essa sensação de certeza que torço para que todos um dia possam sentir.
  Essa é a essência de escolher uma profissão, é se apaixonar por ela, é querer ser parte dela, não escolha o que você quer ser pelo resto de sua vida baseado em ideias ou comentários de pessoas que não irão acrescentar em nada de bom na sua decisão. Ouça conselhos mas jamais abdique do que você ama e quer fazer por família, amigos ou algo do tipo, faça o que gosta, faça o que se vê exercendo com amor daqui uns dez anos e jamais, jamais pense que não é capaz, todos somos, basta sonhar e realizar, que realizemos nossos sonhos e sejamos profissionais apaixonados no futuro!
   

  É isso, espero que tenham gostado do post de hoje, que de alguma forma ele ajude vocês a escolherem suas profissões ou pensarem por si próprios, jamais esqueçam, nossas escolhas, nossa profissão e nosso futuro são nossos, eu ouvi comentários negativos sobre o que escolhi e não desisti, façam o mesmo <3
  Até a próxima gente, me contem aqui embaixo o que acharam do post e qual profissão pretendem seguir ou já estão seguindo, beijossss!!! 


15 comentários:

  1. Sempre tive certeza que queria jornalismo, mas durante o cursinho eu ficava pesquisando outras áreas porque tinha um certo medo de assumir pra mim mesma que queria fazer jornalismo, sabemos o quão difícil é o mercado para jornalistas no Brasil. Esse ano vou entrar na faculdade e pretendo fazer jornalismo, mesmo com o medo de não conseguir um emprego e do que meus pais vão pensar. Acho que temos que fazer tudo por amor e com amor.

    ResponderExcluir
  2. Eu curso jornalismo e quando contei aos meus pais, foi uma coisa bem dividida, meu pai aceitou, já a minha mãe ainda hoje insiste que eu deva fazer vestibular pra fazer outro curso. Eu também fico receosa quando penso na questão do mercado de trabalho mas foi o curso com o qual eu mais me identifiquei, assim como você.

    Agenda Aleatória

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu já quis muito fazer jornalismo. E até considero fazer. Mas no momento mesmo, acho que o curso que mais tenho vontade de fazer é psicologia. Ou biblioteconomia. Eu comecei fazer Letras. quase formei, mas ai tranquei por conta do baby.
    Um beijo

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post <3
    ainda penso em fazer jornalismo, mas a real mesmo é que eu não tenho certeza. É, sem dúvidas, uma profissão que me chama a atenção, mas não tenho certeza se realmente quero isso.

    ResponderExcluir
  5. Entendo como é difícil essa dúvida de escolher o que fazer mas, acho que o jeito mesmo é fazer como você e escolher o que o coração manda kkkkk

    Muito legal seu post ❤️

    ResponderExcluir
  6. Sempre achei muito ruim a forma como nos pressionam a escolher uma profissão muito cedo. E ainda mais quando dizem "isso não dá dinheiro". Quantas pessoas fazem cursos de prestígio e se desencantam depois? A gente tem que estudar áreas que são de acordo com a nossa identidade, e mudar caso seja preciso, quantas vezes for preciso.

    Sobre a minha formação, eu fiz Ciências Contábeis. Não tive muita dificuldade em escolher por que eu já tinha feito técnico no Ensino Médio. Mas tenho amigos que foram pra Administração, Fisioterapia Engenharia e até Medicina! O importante é darmos os nosso melhor a partir das nossas escolhas <3

    ResponderExcluir
  7. É difícil tomar a decisão quanto a nossa profissão, né? Eu fiz turismo que não tem muito a ver comigo haha e só lá com os meus 20 e tantos anos que fui me encontrar no design gráfico, que sou apaixonada. E é tão bom fazer algo que amamos, né? Boa sorte com a sua escolha, jornalismo é muito bacana :)
    Beijos,
    http://www.nomundodaluablog.com/

    ResponderExcluir
  8. Houve um tempo que eu cogitava muito fazer jornalismo, mas a verdade ´que, embora eu goste muito de comunicação e blogs, não é um ramo com o qual eu queira trabalhar. Na verdade, meu maior sonho é ser astronauta, mas, por ora, não dá hehe. Vou começar a fazer psicologia, que é um área pelo qual sou apaixonada <3
    Espero que essa decisão te faça muito feliz! *-*

    ResponderExcluir
  9. Jornalismo estava entre as minhas opções de carreira, mas optei por Design Gráfico. Espero que você consiga entrar na faculdade de jornalismo e quem tenha muito sucesso na sua carreira. E você fez certo, não deixe comentários negativos estragarem seu sonho. Batalhe por aquilo que você quer.

    https://ohamoramia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nunca pensei em jornalismo, pessoalmente, mas acho uma área incrível..
    Gostei MT do post e acho que o certo é sempre fazer o que mais gosta, senão é tempo perdido..
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi Gabi!
    Primeiro acho que você está super certa em buscar fazer o curso que mais acha a sua cara e que e faz pensar numa carreira e em coisas que você deseja fazer na sua vida.
    Às vezes a faculdade como um momento muito decisivo, como se fosse o fim das nossas escolhas, mas, na verdade, é só o começo. Durante a vida dá pra mudar de ideia sempre, desde que estejamos dispostos a lutar pelo que desejamos e correr atrás. Sobre mercado de trabalho, está difícil para todo mundo, em todas as áreas, é a realidade atual, não a situação do seu curso.
    Torcendo para que você consiga logo realizar seu sonho e cursar jornalismo! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
  12. Jornalismo já foi minha opção também, sempre peço em algo que tenha a ver com escrita e hoje cogito letras, mesmo cursando psicologia. Tô torcendo muito pra que a sua escolha te faça feliz e realizada. Beijos!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Gabi, tudo bem? Acredito que escolher o curso que vamos fazer é algo sério e que pesa bastante em nossas vidas. Diferente de outros países, os brasileiros não são acostumados desde criança a já pensar no que farão quando adultos, ou mesmo vivenciar tais experiências. Os americanos quando saem do colegial já sabem qual curso, faculdade, no que querem trabalhar, e como será sua carreira. Acredito que as escolas brasileiras deveriam se preocupar mais com isso. Para que não nos sintamos tão perdidos. Desejo muito sucesso pra você. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  14. Oi! Tudo bom? Realmente, escolher uma profissão é muito difícil - existem tantas áreas interessantes por aí, que é complicado demais escolher uma só. Eu mesma tenho vontade de fazer outros cursos quando me formar em psicologia haha
    Também passei por várias opções antes de decidir e tive que ouvir muitas críticas sobre minha escolha, mas o que importa é fazer o que te deixa feliz!
    Literalize-se

    ResponderExcluir
  15. Durante o meu ensino médio eu queria muito fazer jornalismo, e quando não passei na universidade que queria fiquei bem mal. Porém no mesmo ano passei em Ciências sociais em outra universidade, e acabei me identificando muito com o curso. Porém ainda amo a área de comunicação! Fiz técnico em Rádio e Televisão e sempre que posso ainda leio artigos relacionados a área. Adorei seu post e te desejo sucesso em sua carreira!

    Sorria sempre :)
    www.malusilva.com.br

    ResponderExcluir