11 de julho de 2017

O feminismo e a mudança de comportamento

  Oi gente, tudo bem? Hoje vim aqui falar sobre mudança de comportamentosobre celebridades que antes tinham pensamentos machistas e tratavam mulheres como rivais e agora nos enchem de orgulho com muitos lacres em respostas contra comentários maldosos e misóginos e nos enchem de amor com tanta sororidade, o que me inspirou a isso foi a mudança de comportamento evidente da cantora Anitta e da mudança na letra "Beijinho no ombro" da Valesca Popozuda e é sobre elas que vou falar nesse post, mas e vocês? Acreditam nessa mudança? Eu acredito sim, e isso só nos mostra que a nossa sociedade está evoluindo, que pensamentos misóginos estão sendo deixados para trás, dando lugar a muito empoderamento e sororidade 
  Quem não lembra do fora que a Anitta levou da Pitty no Altas horas? Isso aconteceu em 2014, no programa em questão havia um debate sobre feminilidade e liberdade sexual, Anitta demonstrou uma postura bem machista, dizendo que as mulheres tinham que se dar o respeito, que uma faz e os homens vão achar que todas as outras vão fazer, o que está completamente errado, exatamente como Pitty exclamou "Está errado, o homem não tem que achar nada, quem tem que fazer o que você quer é você!", lembro bem que nessa época não tinha descoberto o feminismo ainda, mas concordei veemente com o posicionamento da Pitty e fui totalmente contra a postura de Anitta, que demonstrou ter uma ideia bem errada das mulheres, chegando até a dizer que já conquistamos muita coisa e que queremos tomar o lugar dos homens, não né gente?  
O feminismo e a mudança de comportamento (créditos na imagem)

  Enfim, nos dias atuais é bem perceptível a mudança de comportamento de Anitta em relação a liberdade da mulher e o feminismo, em uma recente entrevista, a cantora contou que sofre muito preconceito por mulheres mesmo, apenas por dançar e rebolar em suas músicas e demonstrou não se importar com isso, dizendo que não existe uma forma certa de ser mulher e sim uma forma certa de ser humano, em outro momento, em um show, ela conta que em uma conversa com um homem com quem ela tinha uma relação aberta, ele disse que se ficasse com ela de verdade faria ela se uma mulher de verdade, sem ficar rebolando para todo mundo, Anitta (assim como nós) achou ridículo o que ele disse e respondeu que preferia ser sozinha do que ser subordinada, lacre né gente? A cantora ainda afirma "sou feminista a partir do momento em que você sabe que feminismo é você querer direitos iguais", demais né? Fora outras respostas que Anitta dá em seu Instagram e em suas demais redes sociais, volta e meia ela mostra que mudou bastante o pensamento que tinha sobre as mulheres a anos atrás e começou a seguir o movimento feminista, cada vez mais empoderada, Anitta é uma grande influência para que mais mulheres se empoderem, exijam respeito e não baixem a cabeça para homem nenhum, depois de toda essa análise só posso dizer VALEU ANITTA!
Abaixo uma amostra dos pisões que a Anitta dá em suas redes sociais, ARRASO COLEGA
O feminismo e a mudança de comportamento

  Outra cantora da música brasileira tem se mostrado bastante empoderada também, na verdade sempre foi né? Valesca Popozuda, a cantora sempre se mostrou bem auto suficiente em sua vida, demonstrando que nunca precisou de homem nenhum para alcançar o sucesso que chegou, mas tem um problema, apesar de pensamentos empoderadores, as letras de Valesca são recheadas de rivalidade, tratando como se umas as outras fóssemos inimigas, o que não somos né? Vou confessar, não sou muito atenta a Valesca, não acompanho suas redes sociais nem nada, mas uma atitude dela me chamou a atenção, ela fez uma "versão alternativa" para beijinho no ombro, uma das músicas mais famosas da cantora, com trechos falando sobre inveja e rivalidade entre as mulheres, para uma versão montada de sororidade e amizade, particularmente, eu preferi mil vezes a nova versão, sendo por marketing ou não, isso influência e mostra que os tempos são outros, e que não somos inimigas, somos irmãs de luta, que precisamos umas das outras, enfim, ARRASOU VALESCA! 

  Analisando a mudança de comportamento das duas artistas podemos perceber o quão o feminismo vem mudando a cabeça das pessoas e até das grandes celebridades, todos precisamos dele, todas as conquistas e méritos foram através dele, não somos inimigas, somos irmãs, mais sororidade e empatia com suas próximas, e assim teremos um mundo mais cheio de igualdade e empoderamento no futuro. 
  Esse foi o post de hoje gente, espero que tenham gostado dessa breve análise que fiz, não deixem de colocar aqui nos comentários o que acharam da postagem e compartilhá-la para que mais pessoas vejam, beijos e até o próximo post!

Para quem quiser ouvir a nova versão de "Beijinho no ombro" de Valesca Popozuda em parceria com a Seda só clicar abaixo, vamos espalhar sororidade por ai manas <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário